12/09/2018

LOOK # 178

As fotos que mostro hoje são da Catarina Mendonça. A Catarina é uma jovem que acabou de tirar o curso de fotografia e está a começar a dar vida ao seu próprio projeto. Recentemente lançou a página no instagram com o nome Litllephotographer onde quer partilhar as fotos que vai fazendo para conhecerem o seu trabalho e  assim poder crescer. Convidou-me a ser modelo para um look descontraído e claro que eu tinha de aceitar! As fotos que partilho são todas da autoria da Catarina e foram tiradas no Lx Factory, pena ter sido numa segunda-feira e o RioMaravilha estar fechado. Fica para a próxima oportunidade. Espero que gostem!


07/09/2018

Ainda sobre a Bloggers Talk

O post de hoje esteve para não sair. Sinceramente não tinha grande motivação, mas também não tinha conteúdo para postar devido ao triste episódio do roubo da minha máquina fotográfica.
As minhas imagens não seriam melhores nem piores que estas que aqui estão mas seriam as minhas fotos, as que eu tirei com a minha máquina à minha maneira. Esta compilação que aqui está foi depois de várias mensagens individuais a todas as pessoas que estiveram presentes no evento, onde  "pedinchei" fotos do mesmo, porque eu não tinha nada. Algumas almas caridosas (poucas) enviaram o que tinham, outras não. Uns só tinham stories, outros só fotos com telemóvel.
- Não importa, enviem tudo! Dizia eu, desesperada. Até porque gostava de fazer um clipping para enviar às marcas que tão gentilmente nos apoiaram nesta iniciativa e simplesmente não tinha como! Esperei todo este tempo, também na esperança que se fossem publicando posts pelos blogues dos participantes, mas pelo que vi, só duas ou três pessoas é que se deram a esse trabalho. O conforto e o facto de ser muito prático e pouco trabalhoso, faz dos stories no Intagram o meio mais usado na divulgação. Mas não é a mesma coisa.... 
 

03/09/2018

Estou a incluir produtos naturais na minha rotinha de cuidados da pele.

Nacomi by Espiral Aprumada

A curiosidade por produtos naturais, biológicos, orgânicos, vegan... despertou quando estive no Nepal. Na altura tentei inclusivamente ter uma alimentação mais consciente e natural que agora confesso, não durou muito tempo, quanto aos produtos de beleza e cosmética também vim de lá com novas ideias e motivações. Trouxe de lá alguns produtos bastante interessantes completamente naturais e sem químicos. Mas, mais uma vez, o meu entusiasmo ficou por aí. Não completamente, porque volta e meia vou dando uma olhadela no que se passa. Na altura da Bloggers Talk descobri que existia em Leiria a Espiral Aprumada uma empresa representante exclusiva em Portugal de uma marca de cosmética 100% natural a Nacomi. Convidei a empresa a estar presente no evento. Foi uma enorme surpresa puder contar com marca e ter o privilégio de ficar a conhecer todos os seus produtos de forma tão personalizada e ainda trazer alguns deles para casa. Desde então, tenho ando a usar e abusar destes dois em especial. Primeiro o Body Scrub, uso durante o banho onde faço a esfoliação da pele, graças aos seus poderosos ingredientes naturais que conferem à pele uma limpeza profunda, livre de químicos e parabenos que regularmente se encontram em produtos deste tipo. Em seguida, depois da pele seca, hidrato com a Body Mousse. Este produto é feito com manteiga de karité, óleos vegetais prensados a frio e cera de abelha. Deixam a pele completamente nutrida, hidratada e com um cheio deliciosamente doce. Adoro poder cuidar de mim na perfeição e sentir que ao mesmo tempo estou a fazer alguma coisa, ainda que pouco, pela minha mudança de hábitos onde, todos vamos ter que mudar alguma coisa para proteger o nosso planeta. Estes produtos não envolvem o uso de substâncias derivadas de petróleo, isso alegra-me e enche-me de esperança.



28/08/2018

LOOK # 177

Desculpem a minha ausência aqui no blogue. Ando a meio gás e a tentar definir algumas prioridades na minha vida. Sinto que cheguei aos 35 anos sem grandes planos, deixei que tudo acontecesse de forma natural e a vida foi acontecendo simplesmente. Agora sinto essa necessidade. Sinto que tenho de fazer algo por mim, não posso continuar neste impasse descontraído e relaxado em que a vida me tem levado mas ainda não sei por onde começar. No fundo acho que tenho medo de sair desta zona onde me sinto confortável e sei com o que posso contar.....

17/08/2018

Crepes de Matcha

Nem imaginam a quantidade de saquetas e pacotes que tenho em casa com especiarias, tipos diversos de farinhas, sementes de tudo e mais alguma coisa e sei lá mais o quê...
Sou só eu que compro estas coisas, uso 2 vezes e nunca mais volto a usar??
Um dia destes comprei Super Green Protein da Iswari para preparar a bebida em casa. Bebi uma espécie de capuccino de Matcha num desses "cafés da moda" e achei que também podia começar a fazer em casa com frequência. Obvio que não aconteceu. Entretanto, vi numa revista, uma receita de crepes de matcha e fiquei feliz por poder dar uma nova oportunidade à minha embalagem de Super Green Protein. Os Crepes da receita são preparados com Matcha mas creio que não fez assim tanta diferença ser esta mistura, porque estavam mesmo ótimos.


07/08/2018

A febre dos vestidos às bolinhas

Uma das fortes tendências desta estação são os vestidos fluídos e leves com padrão às bolinhas. Tenho andado na busca pelo vestido ideal para estas férias e são muitas as opções disponíveis no site da Zaful. Hoje mostro-vos alguns dos meus favoritos todos disponíveis por pouco mais de 20€. O difícil vai ser escolher porque gosto muito de todos.
 
 
 

27/07/2018

Palácio de Monserrate

Já que o sol parece envergonhado e o tempo ainda não nos faz implorar por praia, porque não aproveitar de outra forma!? Este tempo meio primaveril é bastante convidativo a passeios e é mesmo essa a minha sugestão para este fim de semana. Um passeio romântico por Sintra.
Sintra, para mim, é dos lugares mais charmosos deste nosso encantador pais. Os palácios e espaços verdes, fazem desta vila uma das maravilhas de Portugal. Sempre que penso num passeio romântico lembro-me de Sintra, no entanto, neste momento de boom de turistas, Sintra é talvez o lugar mais caótico nesse ponto de vista e acabada com qualquer noção de romantismo. A fila para o Palácio da Pena era de mais de uma hora, por isso, rapidamente decidimos mudar a rota e acabamos por ir visitar o Palácio de Monserrate. Do meu ponto de vista, justifica-se a visita especialmente pela diversidade dos jardins e imponência dos mesmos. O Palácio é lindíssimo, no entanto, o seu interior é pobrezinho e com poucos adornos, logo, não me cativou assim tanto. Mas um Palácio será sempre um Palácio e faz-nos criar imaginários de como seria viver naquela época. É esse imaginário que me faz sonhar acordada que mais me encanta em passeios deste género e Sintra faz-me sempre sonhar....


23/07/2018

A Bloggers Talk

Passadas 24 horas deste evento, já me encontro em condições mínimas para escrever este post. Não era desta maneira que eu queria escrever sobre a Bloggers talk , mas não posso deixar de falar nisto, e só assim, é que vou conseguir virar a página.
Ontem, no final no evento, senti um misto muito grande de sentimentos. Se por um lado estava exausta de cansaço, por outro, estava de coração cheio pelo enorme sucesso que tivemos, mas não podia deixar de me sentir triste e desapontada. Na noite anterior ao evento quase não dormi tal era a ansiedade, esta noite, dormi igualmente mal a tentar fazer a reflecção do porquê desta situação. Para quem não sabe, eu e a Paula Taveira do Daily Boost decidimos organizar um evento dedicado a bloggers da região centro. Foi um evento preparado com muito prazer, dedicamos muito do nosso tempo para proporcionar a todas as partes envolvidas, partilha de conhecimentos com o objetivo de criar sinergias, entreajuda e convívio.


20/07/2018

Creative Walk Keratin by Cotril

Desde cedo que me habituei a lidar com o meu cabelo um tanto complicado. É fino, tendência para seco, muito frágil e quebradiço. Embora tenha pouco, é extremamente volumoso e rebelde, o que me obriga a ter de o alisar todos os dias. Ter os cuidados certos para o manter minimamente decente são fundamentais! Depois de recorrer a um diagnostico profissional, foi-me aconselhado a linha Creative Walk Keratin da marca Cotril. Agora, após uns meses de utilização, posso afirmar que senti mudanças boas no meu cabelo. Obviamente, não se tornou liso, mas melhorou a rebeldia e o volume, sinto maior hidratação e depois de passar a prancha noto que está bastante brilhante. O meu produto favorito foi mesmo o sérum anti-frizz que uso sempre depois de alisar, deixa um cheirinho incrível e mantém as pontas completamente hidratadas. Estes produtos estão à venda somente em salões profissionais.


07/07/2018

Açai Bowl

Sou muito dada a mudanças e coisas novas. Com a idade (sim, eu já posso usar esta frase) apercebi-me que tudo muda, até o paladar. Dei por mim a comer em satisfação, sardinhas, favas e caracóis. Dizia eu que não gostava. Nestas reviravoltas do paladar, habituei-me a coisas mais saudáveis como por exemplo o Açai, que confesso, não era dos meus alimentos favoritos. Compro congelado e colocava diretamente em cima da fruta ou comia da embalagem. Agora aprendi a fazer de maneira diferente e já me sabe muito melhor. Junto o açai congelado  na liquidificadora com uma banana e , framboesas congeladas também. Coloco um pouco de leite só para ajudar a mistura e uma mão cheia de flocos de aveia fina. Trituro tudo e está pronto a comer. Entretanto e no meio as novidades ando a usar alguns produtos novos, estou encantada com a base da Mary Kay e com o cheio maravilhoso dos cremes de corpo e banho da Rituals.

28/06/2018

6 PASSOS PARA ALCANÇAR A FELICIDADE





1 - ACEITAR

É importante aceitar o que acontece nas nossas vidas, mesmo que nem tudo seja positivo, devemos tomar isso como um ensinamento. Aceitar significa reconhecer que a única coisa que podemos mudar de verdade é a nossa forma de estar na vida.

25/06/2018

LOOK # 176

Um pavilhão abandonado e praticamente em ruínas, pode parecer um lugar pouco provável para fazer umas fotografias; mas não. Na verdade, passei aqui algumas vezes e sempre que passava apetecia-me parar porque tinha uma forte convicção que este cenário decadente ia dar umas fotografias muito loucas. Não me enganei, adoro os vidros partidos e a ferrugem nas paredes dá-lhe um aspeto um tanto místico que adoro. O look, esse destaca-se principalmente pela túnica em renda. Assim que a vi achei que era perfeita para usar na praia mas ainda bem que ela é muito mais versátil e se adapta tão bem ao quotidiano.


23/06/2018

Sou Mary Kay

Sempre fui uma apaixonada por moda, beleza, decoração, fotografia..... sem fanatismos nem exageros, obviamente. No entanto, quer queiramos quer não, as roupas e a maquilhagem trazem uma confiança/ atitude extra à nossa vida. Por essa razão, há 5 anos criei este blogue para preencher essa lacuna na minha vida  e que agora se transformou numa grande paixão. Não satisfeita, decidi abraçar um novo projeto, tornando-me agora consultora de beleza independente da Mary Kay, porque desejo partilhar todos os truques e cuidados de beleza, dar formações e fazer muitas sessões de cuidados de pele e maquilhagem a quem estiver interessada em sentir-se ainda mais bonita e confiante por dentro e por fora!

19/06/2018

LOOK # 175


Estou muito feliz com o resultado deste look no geral mas em especial com estas fotografias. Foram elas que me trouxeram a oportunidade de conhecer pessoalmente umas das minhas bloggers favoritas. Devido à enorme experiência que tem com as fotografias e com a coordenação entre os looks, locais e poses, a Bárbara Inês decidiu recentemente abraçar um novo projeto que a colocou atrás da câmara fotográfica a partilhar todos os truques de uma boa fotografia de streetstyle ao nível das melhores, tal como ela. Estou muito grata por ter tido a oportunidade de ser fotografada por ela de forma tão descontraída e espontânea, não quero que seja a última vez.


07/06/2018

Amigas e Brunch

Estas fotos não são de agora. Na verdade têm já alguns meses, ficaram esquecidas, como assim??!! Óbvio que mesmo com atraso não podia deixar de partilhar este brunch delicioso entre amigas que a Montiqueijo proporcionou quando decidiu enviar estes queijinhos maravilhosos. Foi uma manhã bastante divertida e um pequeno almoço completamente diferente do habitual. Entre uma e outra fatia de queijo, umas gargalhadas e alguns disparates habituais, fomos pensando também em alguns projetos que gostávamos de pôr em prática. Por isso não se admirem se em breve trouxermos novidades.
 

 


05/06/2018

LOOK # 174

As rendas e bordados são sem dúvida uma das fortes tendências para  esta estação. São tecidos que reúnem delicadeza, feminilidade, romantismo e ao mesmo tempo sensualidade. Foi por todas estas razões que escolhi esta blusa. Combina bem com diferentes estilos e adapta-se com facilidade a diversas ocasiões. Neste caso, como queria dar protagonismo à blusa sem tornar o visual demasiado formal, optei por juntar um simples par de jeans e resultou perfeitamente. Espero que gostem...


30/05/2018

LOOK # 173

Cada vez mais gosto de andar descalça... Neste dia andei descalça em cima de pegadas de dinossauros vejam só.... A minha zona tem um passado jurássico bastante presente! Depois da fragmentação da Pangéia surgiu a Era Mesozóica onde os dinossauros apareceram há 155 milhões de anos e nos dias de hoje, depois de extraídas algumas bancadas de maciço agora calcário lá estão bem marcadas as marcas que o tempo não conseguiu apagar! Não é incrível ???


28/05/2018

Make (Up) It Simple by Andreia Professional

Foi na Expocosmética que a marca Andreia Professional lançou a sua mais recente novidade. E que boa novidade. A marca, a par com a vertente já conhecida das unhas, decidiu abraçar a cosmética em especial a maquilhagem e o resultado foi um leque variadíssimo de bons produtos indispensáveis para uma maquilhagem simples e eficaz. De forma a facilitar-nos a vida, a marca tem os produtos identificados passo a passo (step 0; step 1; step 2....) para que ninguém se perca e tornar o ato de maquilhar um processo simples (para muitas pessoas, ainda é um bicho de sete cabeças). Esta linha é constituída por produtos de rosto, olhos e lábios e ainda os essenciais, como pincéis e desmaquilhantes.
Eu testei o rimel que gostei bastante, mas a grande surpresa são os batons líquidos mate, com uma textura muito aveludada sem deixar os lábios secos típico dos batons mate e com uma durabilidade incrível, já para não falar das cores e do pincel triangular perfeito para delinear os lábios. Estou convencida e cheia de curiosidade em relação aos restantes produtos, especialmente as bases.



22/05/2018

LOOK # 172

A busca pelo local ideal para o nosso piquenique continua e ainda bem, porque quando estou no meio da natureza sinto-me mais calma, e tranquila  ainda que sinta que não é suficiente face à minha necessidade! Temos andado nisto, e gosto do cheiro e da brisa do vento, gosto das várias tonalidades dos verdes, gosto de ver a transformação da serra nesta época do ano, gosto da vista a perder de vista e até acho que já encontramos o local para o piquenique.


21/05/2018

Sunshine Blogger Award

Resolvi aceitar o desafio da Gata - obrigada por te teres lembrado de mim para participar nestas brincadeiras - e responder a onze perguntinhas que ela tão cuidadosamente preparou para nós!
As regras do desafio são:

* Agradecer à blogger que te nomeou;
* Responder às 11 perguntas que te foram dadas;
* Nomear 11 bloggers e fazer-lhes 11 perguntas;
* Colocar as regras e incluir o logótipo do desafio no post.
 
 


18/05/2018

LOOK # 171

A compra deste macacão foi e ainda é um caso de amor ódio. Gostei da cor e achei o corte muito elegante, seria, portanto a peça perfeita para uma ocasião especial. Entretanto, quando o experimentei achei que não me ficava tão bem quanto imaginava, mas já estava tão rendida que mesmo assim arrisquei a ficar com ele. Sei que não é a peça mais consensual mas é isso mesmo que me apaixona. É uma peça clássica, sóbria e elegante e ao mesmo tempo com um toque contemporâneo e completamente diferente dos macacões mais comuns.


16/05/2018

Retiro na Casa dos Sonhos

Nos dias que correm ter tempo para ir 1 hora ao ginásio duas vezes por semana é um luxo, conseguir desligar-me, fechar a porta do quarto e fazer uma meditação uma vez por semana é outro luxo, mesmo quando tenho um monte de roupa para passar que quase chega ao tecto. Permitir-me ter um dia inteiro só para mim é praticamente o euromilhões. Mas foi isso mesmo que decidi fazer por mim no dia em que fui em retiro para a casa dos sonhos, dar-me tempo!
Tempo para estar comigo, ouvir o corpo, tempo para meditações, palestras e partilhas! Tempo para caminhadas na natureza, tempo para silêncio, tempo para um concerto intimista, e tempo para uma viagem às profundezas de mim mesma onde a vibração é amplificada e transforma o ser. Tempo para uma alimentação consciente e biológica onde a carne não tem direito a entrar, confecionada pelas mãos repletas de amor da chef Daniela Ricardo da aBiofamily. Tempo para fazer crescer novas amizades, tempo para ouvir coisas novas e ouvir o que diz a minha essência! 


11/05/2018

LOOK # 170

A época festiva para mim já começou e com ela o eterno dilema de sempre e para sempre das mulheres - o que vestir! Felizmente tenho uma loja online parceira que me tem ajudado a não perder demasiado tempo com o assunto, encontro sempre coisas giras. Verdade seja dita, eu também não sou a pessoa mais complicada da vida e obviamente não estou para perder as minhas poucas horas de sono por causa da indumentária, mas claro que gosto de estar bem e de me sentir ainda melhor. Este foi o vestido que usei no último evento que foi uma bonita cerimónia de bodas de prata! Cumpriu na perfeição o objetivo porque me senti muito bonita, elegante e romântica. 


09/05/2018

Perdi o meio termo

Mal me reconheço.... Ou estou numa euforia desmedida como se tivesse acabado de inalar umas drogas onde a energia efusiva e um pouco de loucura  me fazem abanar o corpo como se estivesse a espantar demónios, como estou em silencio de semblante carregado e perdida nos próprios pensamentos  onde os olhos se tendem a encher.  Estou estranha e sinto uma enorme reviravolta dentro de mim.... não sei o que quero nem para onde ir, sinto que tenho umas asas enormes e que posso ir mais longe nuns dias e noutros só me sinto meio louca.

Sempre fui uma pessoa muito dependente dos outros, gosto de estar com pessoas, gosto de saber a opinião delas e deixar-me fluir, indo grande parte das vezes ao encontro daquilo que elas querem porque para mim é completamente indiferente. Sempre foi assim, e sempre gostei que assim fosse, de alguma maneira sentia-me livre por ter esta mente aberta e tanto vou parar à missa influenciada por uns como vou parar a uma casa de strip influenciada por outros. (assistir obviamente, ainda não elouqueci de vez). Sempre me considerei adaptável e nunca influenciável e ainda hoje vejo isso assim!
 
Esta viagem foi muito importante porque sentia que a rotina me estava a matar e precisava de agir rápido contra isso, procurava com ela algo que me tranquilizasse e me deixasse mais calma, estava a perder o controlo e queria fazer o reset.
Resultou lindamente enquanto lá estive. Para todos os efeitos estamos de férias e relaxados. As pessoas que conheces não te cobram nada e não esperam nada de ti e os problemas praticamente nem existem....
O problema é regressar à vida real. Voltar às rotinas que te matam, ao mesmo emprego que te desgasta, as pessoas que te fazem sempre as mesmas cobranças e esperam o mesmo de sempre! E tu só podes respirar fundo e deixar passar mais um dia e outro e mais outro enquanto o corpo corroí lentamente por dentro.

Doí-me o peito, custa-me respirar fundo sempre que faço as meditações semanais a que me propôs, sinto a minha força a esgotar com facilidade, a pele arrepia-se e o nó que sinto no estomago é de tal forma que em alguns dias parece que vou vomitar.

Ontem uma amiga mandou-me uma mensagem que dizia: metade de mim é namastê e a outra metade é vaisefudê, peço desculpa pela falta de delicadeza mas sinceramente é neste ponto em que me encontro.



 

03/05/2018

LOOK # 169

O que é que uma família meio louca decide ir fazer a um domingo durante a tarde?! Uma prospecção de terreno para um possível piquenique. Pois claro....
Já no meio do campo, em saltos altos, calças brancas e um céu que ameaçava chuva a qualquer instante, tivemos a brilhante ideia de fazer umas fotos. Tinham tudo para não dar certo, mas é isto que me encanta na vida. Uma autentica caixinha de surpresas, e do meu ponto de vista, as fotos  resultaram na perfeição. Agora estou ansiosa que os dias permitam o belo piquenique, bem à moda antiga  que para além de me trazer boas memórias, me faça sentir em paz enquanto disfruto da companhia da minha família em plena natureza!


25/04/2018

Patan e Bhaktapur museus abertos do Nepal

Foi no dia 25 de Abril de 2015 que um terrível terramoto de 7.8 na escala de Richter deitou abaixo grande parte da capital do Nepal, foram muitos os pagodes que perderam os telhados mas não foram só os pagodes, dizem que foram mais de 4 milhões de pessoas afetadas pela tragédia e mais de 5000 mortes. Por toda a cidade existem vestígios bem evidentes da destruição mas há um povo humilde e de coração bom que lentamente vai erguendo o seu património ainda que com alguma tristeza nos olhos. Aterrei em Kathmandu dois dias depois de um terrível acidente de viação acontecer naquele aeroporto, dizem que os ventos cruzados das montanhas adjacentes ao vale nem sempre são fáceis de contornar, mas só regressei a Katmandu 7 dias depois e foi nessa altura, quando chegámos a Patan e Bhaktapur que tive consciência do que tinha acontecido faz hoje precisamente 3 anos. No meio das ruínas há gente que transporta pedra aos ombros, onde contrastam com os miúdos do colégio que passam de fardas limpas e bonitas no meio do enorme ruído das obras. Na Durbar Square os edifícios de madeira são suportados por andaimes de bambo, os vendedores de rua fazem roda à nossa volta, pedem 500 e só nos largam depois de conseguir vender nem que seja por 100 rupias. Os templos em madeira esculpida tem vários tetos, curiosamente o mais alto e único de 5 tetos não sofreu com o terramoto. Dizem que foi a Deusa que nele habita que o salvou.
Os edifícios desta cidade medieval e atmosfera intrigante são fascinantes, as ruas estreitas são pavimentas de tijoleira de barro aplicada em espinha, os comerciantes são amáveis, há grupos de estrangeiros que fazem trabalho de voluntariado na reconstrução de casas, soubemos disso porque conhecemos uma dessas almas caridosas, um dinamarquês, alto, de cabelo loiro e olhos azuis que nos revelou a sua cidade favorita, tivemos a histeria depois que sacou do telemóvel e a foto de proteção do ecrã era Lisboa.

24/04/2018

LOOK # 168

Parece que o bom tempo veio, e por isso, hoje trago um look bastante primaveril e claramente ainda com um toque do Nepal devido a um dos muitos bindis que vieram de lá e que uso orgulhosamente.
Os bindis, tradicionalmente usados pelas mulheres casadas hinduístas como se de um terceiro olho se tratasse, simbolizavam a força feminina e uma proteção divina. No entanto com a banalização das tradições o bindi passou a ser usado com um item decorativo e a importância da religião ou do estado civil já não tem relevância. Eu acho que são lindos e como pirosa que sou tinha de combinar a cor da camisa com a cor do bindi obviamente. Gosto tanto!


21/04/2018

Nepal - A tocar o céu em Pokhara

Foi em Pokhara, depois de mais 6 hora de autocarro que tocámos o céu. Pokhara é a terceira maior e mais povoada cidade do Nepal, situa-se num vale, entre a maravilhosa combinação de um lago o Phewa Pal e do maciço de Annapurna, a decíma mais alta montanha dos Himalaias com 8091 mt de altura. Pokhara é uma cidade moderna e virada para o turismo por causa das centenas de aventureiros que chegam diariamente de todo o lado para o trekking, escalda ou alpinismo na cordilheira mais mítica do mundo! A cidade é muito mais descontraída e muito menos poluída que a capital Katmandu. Na zona de Lakeside, facilmente encontramos bares, restaurantes ou cafés com esplanada ao estilo ocidental. Também não há falta de lojas, ainda que diferentes das nossas e inúmeros sítios para massagens de todo o tipo.


18/04/2018

LOOK # 167

Nem imaginam o que seria coerente para mim, sair de casa minimamente arranjada e ir tirar fotos. Mas não, isso nunca acontece. No máximo ao sair de casa penso que gostaria de tirar fotos mas depois veremos se haverão ou não.
Sou mesmo uma blogger real com tudo o que isso implica e por isso estas fotos foram tiradas no domingo passado, mas só depois de ter ido almoçar a casa dos meus sogros, depois de ter ido fazer uma caminhada a pé com direito a uma ligeira chuvinha (quem me segue no Insta, viu os stories na Fornea que está cheia de cascatas lindas por causa das chuvas).
Só ao final do dia já de regresso e depois de irmos às salinas comprar 1 kg de Flor de Sal é que houve oportunidade para as fotos. Obviamente que o aspeto não é o mesmo de quando estamos acabadinhos de sair de casa, mas eu queria mesmo muito mostrar esta minha nova blusa semi-transparente e cheia de folhos delicados que a Zaful cordialmente me enviou por isso espero que gostem!


16/04/2018

A despedida de Chitwan

Um mês que separa a data de hoje com a data da chegada ao Nepal. Ainda tenho muito para partilhar, mas agora com este distanciamento temporal consigo sentir melhor as alterações sofridas numa viagem com esta intensidade. Estou mais sensível a algumas coisas e muito menos a outras. Mas sinto sobretudo, que devo ouvir melhor o meu coração, a minha alma, o meu ser. Os dias em Chitwan foram muito esclarecedores nesse aspeto e trouxeram-me outra sensibilidade. No último dia, como de costume, era cedo e nós já estávamos  ao pé do rio  a fazer a nossa própria meditação ao som de um Mantra que o Luís pós a tocar enquanto o Sol nascia à nossa frente. Uns descalços para sentir melhor a terra, outros comoviam-se profundamente enquanto agradeciam  aquela dádiva da vida, outros balançavam o corpo lentamente, como se estivessem hipnotizados pela magia dos sons da natureza e pela luz do sol que aparecia lentamente. Mas aqui tudo foi permitido e houve quem opta-se simplesmente por olhar ou tirar fotografias, mas também aqui há uma enorme magia a acontecer. A magia do respeito, da não critica, do cada qual ser ele próprio sem julgamentos e essa magia é das mais encantadoras e bonitas que um grupo pode ter.
Todos estávamos embebidos no mesmo espirito de paz e sentiu-se a cada forte e poderoso abraço que estávamos constantemente a distribuir generosamente.  Ah....Como sabe bem um abraço verdadeiramente sentido e como é difícil explicar-vos o poder que ele nos dá...


11/04/2018

A luta para ganhar peso

Há 4 meses comecei um plano no ginásio com PT. Ao contrário de 90% das pessoas que procuram este serviço, o meu objetivo é aumentar peso e ganhar massa muscular principalmente na zona das costas. O objetivo é conseguir um bom suporte para a coluna que é o meu problema principal. Uma escoliose no limite do aceitável detetada aos 14 anos, fez com que eu passasse 3 anos dentro de um colete em fibra que descia desde o pescoço até às ancas. Era apertado por 3 fivelas na parte de trás e deixou-me completamente dependente da minha mãe, em casa, e quando estava na escola,  da minha melhor amiga que me apoiou na dura tarefa de me encaixar dentro do colete depois das aulas de educação física ou de natação, nas duas únicas horas que me eram permitidas descansar por dia. Foram tempos difíceis, mas do mal o menos, porque evitou uma complicada operação e reduziu significativamente a amplitude da curva da coluna. Sendo que agora, com a idade e com a falta de exercício especifico vai aumentado gradualmente ano após ano. Foi com essa consciência que decidi começar um plano adaptado às minhas necessidades. Para ganhar a massa muscular que necessito preciso de comer mais, ou então corro o risco de treinar e perder o que tenho e é precisamente aí que começa a minha dificuldade.
O meu PT, na tentativa de melhorar os nossos resultados, sugeriu que lhe enviasse as fotografias das minhas refeições e assim poder aconselhar de forma mais adequada, mas a sugestão passa sempre pela mesma coisa. Comer em maior quantidade, abusar nos hidratos de carbono, mais arroz, mais massa e na proteína, mais carne, ovos, atum. Nestes 4 meses, já consigo sentir alguns resultados, sinto-me com mais força e quando olho para as minhas costas no espelho já consigo ver alguns músculos com mais definição. No entanto na nossa última pesagem eu tinha menos 2 kilos. Concluímos que não ando a comer o suficiente e que há ainda um longo caminho a percorrer. Hoje só jantei uma sopa e uma salada de tofu com cenoura e beterraba. Mas partilho este jantar maravilhoso que o meu marido preparou numa noite destas. Um belo naco de carne, batata-doce, tomate cherry e rúcula com requeijão. Tivesse eu todos os dias um jantar assim e ver se não ganhava peso....

10/04/2018

Na vida de uma aldeia no Nepal

Quando decidi embarcar nesta viagem, fui consciente. Queria sentir a minha individualidade e liberdade ao máximo. Mas fui inevitavelmente com alguns receios, afinal sou mãe, sou esposa, tenho um trabalho e um lar para cuidar. Sabia que os deixava confortavelmente instalados na nossa casa, com todas as comodidades (básicas para nós, luxos para maioria dos orientais) com a despensa recheada, com a roupa passada, com almoços e atividades programadas. Sabia que embora a vida do pai fosse uma autêntica roda viva, teria que abrandar a azafama para tomar um pouco o lugar da mãe. Pedi à minha mãe e à minha sogra, para ficarem alerta para o caso de ser necessário alguma coisa. Aos pais dos colegas de futebol, pedi para o deixarem em casa depois do treino, no caso de haver alguns atrasos, mas tudo correu de forma perfeita.
A sociedade ou nós próprios, criamos estas crenças limitadoras que não nos deixam desapegar do dito normal e que depois quando saímos da linha, temos aquela sensação de que não somos tão bons quanto o que deveríamos ser, eu própria chego a sentir culpa, vezes e vezes sem conta por não estar mais com os meus filhos.
Há sempre alguém pronto para apontar o dedo e nós, não sabemos lidar com as críticas. Vamos arranjando desculpas mentalmente para dar a alguém caso seja necessário, mas talvez essas desculpas sejam, em primeira instância para nós mesmos!
Isto tudo para dizer, ou para me desculpar, vá, que lidei muito bem com o facto de me desapegar da família e, curiosamente não me senti mal por isso. Vivi a viagem com tanta intensidade com tanta força, com tanta vontade e tranquilidade, sabendo sempre à partida que estaria tudo bem por cá que não houve aquele aperto no coração como era esperado a uma mãe de dois. Julguem-me.... se calhar sou má mãe, má esposa, má filha (também não liguei à minha mãe, e costumo dar na cabeça aos meus irmãos quando lhe fazem isso)! Não liguei, não passei o tempo a falar ou a pensar nos filhos e na família. No máximo, enviei uma mensagem ao pai de dois em dois dias a informar que estava bem que estava a adorar, que estava a ser incrível. Senti respeito do outro lado, também não fui incomodada. Precisava de estar ali comigo e estive. Desculpem a frieza!

09/04/2018

LOOK # 166

Tenho tanta coisa para contar que me perco nos meus próprios pensamentos. Brevemente quero continuar os relatos da minha transformadora viagem ao Nepal, não quero por nada perder este sentimento que me enche tanto sem o partilhar aqui. Tenho também coisas a dizer sobre o meu fim de semana no Porto e na Expocosmética, trago muitos produtos novos para mostrar e falar!  Mas uma coisa de cada vez, certo?
Para já deixo um look para se inspirarem para esta semana, onde a estrela é a T-shirt. Já sabemos que uma T-Shirt com uma boa frase estampada ou uma imagem divertida é sempre uma boa aposta e ajuda a alegrar qualquer outfit. Foi pelo sumo extra que esta Laranja me iria trazer aos looks, que apostei nesta peça e modéstia à parte, ficou um máximo, não acham??


04/04/2018

A incrível experiência de dar banho a elefantes


Em Chitwan, acordámos sempre cedo, permitimo-nos contemplar o nascer do sol e receber a energia poderosa que chega juntamente com a luz. Francamente não deveria ser preciso eu voar mais de 8000 km para chegar a esta conclusão, mas foi!
Como se não nos bastasse este banho de sol, no segundo dia, fomos diretos à floresta para um passeio matinal. O bem que sabe o contacto com a natureza nesta harmonia perfeita entre árvores centenárias, plantas medicinais e o intenso chilrear dos inúmeros pássaros. Durante o resto da manhã fomos ter uma aula sobre elefantes para percebermos como são cuidadosamente tratados e treinados. Neste lugar existe muito respeito e carinho pelos elefantes mas é muito especial e bonito ver que os elefantes sentem os mesmo em relação às pessoas! Nunca imaginei em momento algum, que pudesse estar sentada confortavelmente numa cadeira de plástico como se de uma esplanada se tratasse, com dois elefantes completamente soltos a dois passos de mim. Isto mostra bem o quão tranquilos estão os animais e os próprios treinadores. Enquanto o treinador nos explicava uma data de características relativamente aos elefantes, fomos tendo oportunidade, um a um de os alimentar e todos nós já estávamos completamente gratos por ter aquela oportunidade incrível.




02/04/2018

LOOK # 165

Uma pequena pausa nos post sobre a viagem para vos mostrar mais um look casual, ideal para um dia descontraído. Esta camisola chegou a minha casa quando eu estava no Nepal e fiquei a achar que já não vinha a tempo de a usar, mas o tempo está sempre a trocar-nos as voltas e pelos visto esta primavera será bastante fresquinha. Ideal para sair à rua de camisola. Optei por juntar um lenço ao pescoço para tentar fugir ao óbvio e até gostei desta mistura de texturas e padrões! Espero que se inspirem...


01/04/2018

Nepal (a chegada a Chitwan)

Depois de uma noite de trovoada intensa (foi a única vez que choveu) saímos em direção a Chitwan eram 5.30h da manhã. A chuva acalmou a poeira dos 180km de estrada em terra batida mas aumentou os buracos e como tal, os solavancos. Foram 7 longas horas de viagem em autocarro, numa estrada que ao fundo das ingremes ravinas era acompanhada pelo rio. Foram centenas, os camiões Tata decorados de forma exuberante  que se cruzaram por nós, muitos deles em ultrapassagens completamente descontroladas mas que, ainda estou para perceber como, acabavam sempre por funcionar!  Ali não há grandes regras no trânsito, se a largura da estrada o permitir é fácil vermos 3 ou 4 filas de trânsito em simultâneo. É o salve-se quem puder!
Confesso que não foi a viagem mais agradável da minha vida, mas deu-me outra perspetiva da vida no Nepal, e valeram cada solavanco assim que chegamos ao Parque Nacional de Chitwan. Neste parque que é considerado património da humanidade, existem diversos tipos de animais selvagens como o rinoceronte asiático, urso preguiça,  Tigre de Bengala (que infelizmente não conseguimos ver)  alguns deles que já estiveram em vias de extinção e graças a este parque que envolvendo a comunidade local, desenvolveu sinergias de forma a proteger as mais diversas espécies no seu habitat natural.
A primeira experiencia aconteceu logo depois do nosso almoço buffet. Fomos levados em jipes e depois de atravessarmos longos campos de bananeiras, deparamo-nos com os elefantes que estavam à nossa espera para nos proporcionarem um safari pela natureza em todo o seu esplendor.
O elefante é um animal enorme, obviamente que causa algum receio, incrivelmente embora tenha tido consideração pela sua grandeza, não senti medo. Consegui facilmente tocar-lhe e mostra-lhe o meu respeito.
O safari de elefante foi idêntico à nossa viagem de autocarro devido à turbulência, mas foi uma aventura muita completa. Fomos em silencio, apreciando a natureza, vimos bem de perto inúmeras espécies que estavam naturalmente e tranquilamente no seu lar. Foi um momento de encontro com a natureza, coisa que pouco faço e por isso soube bem puder parar, respirar, aproveitar e tomar consciência que estava no Nepal em cima de um elefante.




28/03/2018

Welcome to Kathmandu


Depois de demonstrar interesse em fazer uma viagem a uma das minhas tias, ela, numa espécie de convite disse-me: - "estou para ir ao Nepal, queres vir?
Foi durante a hora de almoço e eu estava debruçada na mesa onde ela acabava de almoçar! Nesse preciso instante eu respondi que sim!
No dia seguinte liguei ao Luís e formalizei a inscrição e 2 dias depois estava a caminho de Sintra para a reunião do viajante onde percebi que viajar com a Zen Family  provavelmente ia ser completamente diferente. Soube logo que ia ser uma viagem muito especial, mas estava longe de imaginar que se tornasse na viagem da minha vida.



26/03/2018

O poder revigorante de uma boa viagem!

Acabei de chegar da viagem da minha vida, foram 10 intensos dias e embora tenha decidido escrever diariamente e ir partilhando isso não aconteceu. Comecei a escrever só no primeiro voo de regresso que durou 8 horas, mesmo assim não consegui terminar e muito menos consegui transcrever o que senti. De qualquer forma tinha e tenho intenções de partilhar com vocês um bocadinho dentro do possível o que foi esta viagem maravilhosa. Queria escolher com calma as melhores fotografias  e queria relatar os acontecimentos da forma mais ordenada possível.
Mas hoje, segunda-feira e de regresso à minha realidade e rotina habitual, percebi que tinha de começar esta história pelo fim. Só para perceberem a intensidade.
Acordei eram 7.30h e o meu Whatsapp já estava repleto de mensagens no grupo que criámos durante a viagem! Todos relatavam um bocadinho do seu dia e como estava a ser o regresso, uns partilhavam fotografias ainda da viagem, outros com os filhos já em casa, alguns partilharam até dos cães. Havia quem partilhasse músicas, outros o nascer do sol da varanda da sua casa. Inspirei-me neles e depois de preparar os lanches, o almoço e deixar os miúdos na escola, voltei a casa. O sol já havia nascido, tomei o meu pequeno almoço descansada e sentei-me no sofá. Fechei os olhos e permiti-me ouvir uma das músicas acabadas de partilhar no grupo I am the light of my soul chorei que nem uma perdida... aliás, durante toda a viagem tive estes pequenos ataques de limpeza vezes e vezes sem conta! Chorava sempre sem saber exatamente porque chorava,  se de tristeza ou de alegria, mas ficava inevitavelmente mais leve, mais feliz e mais disposta para a vida!
Hoje foi igual.... enquanto ouvia a música e revia mentalmente algumas das minhas vivências durante a viagem, as lágrimas não paravam de correr. No final respirei fundo, limpei as lágrimas e renasci. Senti-me imensamente grata e senti uma enorme energia florir de dentro de mim. De repente parecia que estava num filme. Era como se eu estivesse fora do meu corpo a ver os meus próprios movimentos! Estava de sorriso estampado no rosto, o ar era leve e enquanto preparava os sacos, os meus movimentos pareciam  de uma dança harmoniosamente sincronizada. Saí de casa como habitualmente, carregada com o saco do ginásio, a geleira do almoço, a pasta e a mala, repleta de boa disposição e uma vontade enorme de abraçar alguém. Isto é o poder revigorante de uma boa viagem! Este post é de eterno agradecimento a todas as pessoas do grupo que partilharam esta viagem comigo e que de alguma forma fizeram de mim um ser melhor, mais iluminado e mais feliz! Obrigada amigos! Namaste!


13/03/2018

Receber amigos

Uma das coisas que mais gosto é receber e estar com amigos. Quem não gosta???
Mas a vida vai passado e com ela muitos dos nossos grandes amigos vão-se perdendo pelo caminho, não porque a amizade acabe, simplesmente porque a vida muda e a isso nos obriga, por vezes até injustamente. Felizmente da mesma forma que vamos perdendo alguns, também outros entram na nossa vida para ficar e parece-me que amizades criadas na fase adulta acabam por ser também amizades mais maduras. E não são só as amizades que estão maduras, também eu amadureci na forma como recebo os meus amigos, gosto de criar um ambiente agradável e que os faça sentir bem.
Gosto de pensar nos pormenores, e inspirar-me para criar coisas simples mas que deixam um toque especial. Hoje mostro-vos uma mesa de entradas (que é uma bobine de cabo elétrico) que preparei num fim de semana destes para receber alguns amigos.
 
Comecei por aproveitar garrafas de vidro dos sumos e com meia dúzia de voltas de cordel de sisal ficaram transformadas em bonitas jarras onde coloquei alfazema que apanhei do jardim, outras garrafas optei por pintar com spray dourado. Cortei troncos de azinheira para fazer bases para as velas que espalhei pela mesa e assim criei a decoração da mesa praticamente a custo zero.
Para as entradas optei por fazer tábuas de vários tipos de queijos e  enchidos acompanhados por pão, azeitonas, grissinis, uvas, figos, nozes, tâmaras e compotas. Para os que não alinham num copo de vinho branco preparei uma água aromatizada com hortelã, limão e alecrim. Espero que gostem das imagens e que vos inspire para receberem os vossos amigos.






Almoços de Verão

Os nossos almoços na eira já não são novidade,  (podem ver aqui, aqui, ou aqui)   e cada vez gostamos mais e mais deste espaço. Desta vez, a eira foi palco de uma sardinhada entre amigos depois de um passeio de jipes. Eu queria de alguma forma modificar o ambiente. A nossa mesa de entradas continua a ser a bobine de cabo elétrico e não me parece que vá encontrar uma mesa mais espetacular que esta. O Bar,  foi a grande descoberta que fizemos quando estávamos a preparar o jantar anterior e teve de voltar agora novamente. Os mesmos sofás de paletes, feitos por nós  o ano passado na altura do aniversário da K e portanto estava tudo visto. Vai daí, pensei que talvez uma simples toalha de mesa pudesse dar todo um refresh ao espaço e não me enganei. Não encontrei a toalha que imaginei e por isso fui parar a uma loja de tecidos para resolver a coisa. Quando encontrei o tecido,  não havia o suficiente para as 3 mesas que eram necessárias para este almoço (eramos 25 pessoas). Trouxe o que havia e decidimos fazer um corredor a todo o comprimento da mesa. Assim, ainda sobrou tecido para fazermos umas almofadas novas para os sofás paletes. Comprei umas hortências brancas para dar algum requinte à mesa e voilá. O espaço de sempre mas com uma cara nova. Totalmente verão.  Não ficou lindo??


06/03/2018

LOOK # 164

Esta semana recebi duas peças e queria muito fotografa-las. Esteve prestes a não acontecer, uma vez que a chuva não queria dar tréguas de maneira nenhuma. Estava tão feliz e a sentir-me tão bem com as minhas novas peças que estava praticamente disposta a apanhar uma chuvinha para conseguir as ditas fotos. Felizmente não foi preciso chegar a tanto. A chuva acalmou e nós conseguimos fotografar. Estou muito satisfeita com resultado, mas estou ainda mais com a cor incrível e com o corte deste casaco! É perfeito.

04/03/2018

Papas de aveia em casca de coco

Eu que sou uma miúda descontraída por natureza, estou a ficar ansiosa com o facto de estar a partir muito em breve para uma viagem de 11 dias num registo completamente diferente.
Manter-me serena, comer bem para reforçar as defesas, evitar o açúcar nos dias antes da viagem e fazer um probiótico, foram as únicas recomendações que deram aquando da reunião do viajante. Como estou com algum receio com o facto da cultura alimentar sem bastante diferente, decidi tomar o conselho do probiótico. Passei ontem pelo Celeiro e aconselharam-me as capsulas da Solgar que comecei a tomar hoje depois de um super pequeno almoço, que incluiu tosta de abacate, ovo e papas de aveia que servi orgulhosamente dentro de uma casca de coco que aproveitei de uma sobremesa de gelado da Olá! Não ficou lindo?! 



02/03/2018

Pensamento para o fim de semana

Seja qual for a tua intenção vai haver sempre um outro ponto de vista. Neste caso 4. Nunca iremos estar certos e nunca errados, tudo depende da forma como cada um quiser interpretar.

28/02/2018

LOOK # 163

Sou uma friorenta do pior. O meu uniforme favorito até meados de Maio deverá ser idêntico a este. Jeans, camisolão de malha e casaco. Já para não falar da segunda pele que trago religiosamente por baixo. Falando em segunda pele, aproveito para congratular a pessoa que inventou esta pequena maravilha. É só a melhor coisa de sempre! Mas adiante, para alegrar e variar um pouco os outfits, vou alternando as botas com os ténis e de quando em vez uso um chapéu. Nos dias de chuva como o de hoje dá um jeitaço  para evitar que o cabelo levante aquele friso irritante do excesso de humidade.



23/02/2018

Daily Boost

Nunca o nome desta rúbrica fez tanto sentido como hoje. Conheci a Paula na InBeuty porque estava com a Liliana, também ela, minha convidada desta rúbrica e aqui está a melhor razão pela qual esta rúbrica existe, as amizades!  Desde essa altura nunca mais nos largamos. Tenho já a Paula no meu coração, assim como a Liliana, o facto de vivermos relativamente perto umas das outras, também contribuiu para esta nossa crescente amizade. A Paula é a autora do blogue Daily Boost onde podem encontrar sempre as melhores dicas de moda, lifestyle e dos spots mais cool da região.  Dona de uma voz sensual e de um ar um tanto ao quanto misterioso, não deixa ninguém indiferente tanto pela sua encantadora beleza, como pela sua  inteligência e irreverência. Espero que gostem das nossas fotos e não se esqueçam de passar no Daily Boost!


21/02/2018

Muffins de Banana


Numa altura em que se fala cada vez mais em alimentação saudável, não podia deixar de partilhar esta receita muito fácil e simples. Se gostam de adoçar a boca mas sem sentir culpa, esta receita é para vocês. Para 6 muffins só precisam de:

1 banana madura,
1/2 chávena de farinha de coco,
1/2 chávena de aveia (grão fino),
5 colheres de sopa de leite magro ou vegetal,
1 colher de sopa de manteiga de amendoim,
1 colher de café de fermento em pó,
1 ovo e canela a gosto.

Triturar tudo no copo da varinha mágica ou na liquidificadora e distribuir pelas formas. Decorar com granola e levar ao forno por 20 minutos. Depois de arrefecer decorar com chocolate negro derretido. Para comer sem culpa!

19/02/2018

LOOK # 162

Já toda a gente ouviu a expressão "pela boca morre o peixe". Foi mais ou menos o que me aconteceu, ou era isso,  ou não trazia esta boina. Passo a explicar: ontem, fomos até ao Chiado passear com o propósito principal de ir à Brandy Melville com as miúdas (a minha filha e a minha sobrinha). Basicamente, fui o tempo todo a reclamar que a loja não tinha nada de especial, que a roupa é muito básica e sem graça, que é mais do mesmo, uma desilusão e etc etc (conversa de mãe/tia chata). Mas lá fomos nós, e assim que entrámos na loja eu fui a primeira a encontrar a esta boina e a ficar logo apaixonada. Conclusão, tive de ficar o resto da tarde a ouvir: estás a ver! afinal também gostas da Brandy!


16/02/2018

O Despertar chegou ao jornal

A vida é feita de pequenos passos e é interessante sentir a evolução das coisas. Quando criei este blogue, tinha muitas ideias e sonhava (e ainda sonho) com muitas coisas. Rapidamente me apercebi que não é fácil conseguir aquilo que ambicionamos, mas também reconheço que não exigir demasiado e ir tirando proveito das mais pequenas coisas é a melhor solução.
Uma coisa vos posso garantir, no meio de todos os meus devaneios, nunca, em momento algum, ambicionei escrever num jornal regional. Não tendo nenhuma formação nesta área, e reconhecendo que a escrita nunca foi o meu forte, concluo que quis a vida que assim fosse. As coisas encaminharam-se nesse sentido e agora só tenho de dar o meu melhor, porque se alguém acreditou em mim para isto é porque de alguma forma merecia. A primeira imagem é da capa do jornal da semana passada, com a apresentação da nova secção Estilo e Vida e com o artigo da autoria da Liliana. No jornal desta semana, cuja a capa está na segunda imagem,  podem ver o meu primeiro artigo. Uma pagina completa, totalmente escrita por mim, mas só está disponível em papel. Vão comprar e digam-me o que acharam....
 
 

15/02/2018

O programa perfeito no Your Hotel & Spa



A vida de uma mulher moderna é cada vez mais exigente, acumulamos tarefas tão variadas e algumas delas até severas que nem sempre é fácil acompanhar o ritmo e andar em frente dia após dia com energia suficiente para aguentar a exigência das mesmas.
Nem imaginam o que eu gostava de sair da casa pela manhã em cima de um salto alto e maquilhagem no lugar e regressar ao fim de 8 ou 9 horas fresca que  nem uma alface, a transbordar paciência para as lides domésticas, coragem para ajudar nos trabalhos de casa e serenidade para encontrar o equilíbrio necessário no lar.
Isto era a vida perfeita, mas infelizmente, muitas vezes quando acabo de sair de casa já estou completamente esgotada, enfrento  um dia de trabalho, chego a casa tarde e carregada de sacos de supermercado. Os cabelos desarrumados (que é como quem diz - completamente de louca) e os olhos borrados de rimel revelam bem a exigência dos meu dias. Quem nunca???
É neste ponto que devemos ouvir o nosso corpo e permitirmo-nos ter um momento de relax. Sair da nossa rotina e investir em nós é vital para a nossa saúde física e metal e foi por isso que rumei ao Your Hotel & Spa em Alcobaça para uma manhã inteiramente dedicada ao bem-estar.



12/02/2018

LOOK # 161

Na véspera de dia de Carnaval e só para desenjoar um pouco dos looks carnavalescos (já ninguém aguenta), dos tutoriais das maquilhagens da Cleópatra, Caveiras Mexicanas e etc e tal, deixo aqui o meu pequeno contributo para fugirem à regra do dia!
Este look adapta-se perfeitamente a qualquer dia do ano (mentira, convém estar mais para o fresco). É simples, confortável e perfeito para um dia mais descontraído, tipo o dia de carnaval! Divirtam-se por lá que eu vou trabalhar!